segunda-feira, 9 de julho de 2012

Fora da Matilha: Felicidade alheia me aborrece

Felicidade alheia me aborrece.
Não por egoísmo ou por amargura
Mas simplesmente por enxergar,
Ou pelo menos esforçar-me para ver,
Um horizonte mais aberto.
E nesse horizonte não houve um belo nascer,
E com certeza não haverá um maravilhoso
Pôr do sol.
Aos que agradecem mixarias a divindades,
Tentam passar lições moralistas e hipócritas,
E relaxam em preguiça e ócio
Por acharem que só porque estão felizes
Serão felizes para sempre,
A esses, meu dedo do meio.

- Alex Rebonato 

Um comentário:

  1. gostei, quando puder visite meu blog http://www.misteriosalobo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir